Notícias

205 pessoas foram detidas por vandalismo durante protesto em Paris.

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –  edição Jane Huscher

Manifestantes que protestam contra o aumento no preço dos combustíveis e a perda de poder aquisitivo entraram em confronto com a polícia na Avenida Champs-Elysées, em Paris, na manhã deste sábado (1º). Pelo menos 205 pessoas foram detidas, de acordo com a agência Reuters.

Protestos em todo o país reuniram 36 mil pessoas neste sábado, segundo estimativa do primeiro-ministro, Edouard Philippe. Cerca de 5500 manifestantes com “coletes amarelos” fluorescentes (gilets jaunes, em francês) foram à Champs-Elysées.

As lojas da tradicional Galeria Lafayette e da Printemps foram evacuadas em Paris por causa da violência relacionada ao movimento e os incêndios ameaçam vários prédios no centro da cidade, segundo a agência Reuters. Um fuzil foi roubado de uma viatura da polícia francesa, segundo as autoridades. O caos se estende por vários bairros da capital francesa, a três semanas do Natal.

Após o término da Cúpula do G20, em Buenos Aires, o presidente francês Emmanuel Macron falou sobre os protestos dizendo que não há justificativa para o vandalismo e violência que não tem nada a ver com uma expressão pacífica do descontentamento.

“Nada justifica que forças de segurança sejam atacadas, lojas saqueada, prédios públicos e privados incendiados, pedestres e jornalistas ameaçados ou o Arco do Triunfo sujo”, disse à imprensa.

Se recusando a responder perguntas depois de um dia de tumultos em Paris, ele disse que aqueles que realizaram a violência simplesmente procuraram espalhar o caos. Ele disse que convocaria uma reunião de ministros em breve, enquanto volta para discutir que ações tomar.

A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, declarou sua “profunda indignação” e sua “grande tristeza” em face da violência na capital. Depois dos violentos confrontos perto da avenida de Champs-Elysées, os enfrentamentos se espalharam na tarde de sábado para vários outros bairros de Paris, causando grande confusão.

agência aumento autoridades caos combustiveis confronto confusão descontentamento detidas manifestantes pacífica paris perda pessoas poder polícia portal das gerais prefeita protestam reuniram segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio vandalismo violência