Notícias

A Câmara Municipal de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi alvo de uma operação do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) na manhã desta segunda-feira (17).

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –  edição Jane Huscher

A Câmara Municipal de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi alvo de uma operação do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) na manhã desta segunda-feira (17). O objetivo da operação Caça Fantasmas foi apreender documentos relacionados à contratação de servidores que nunca teriam, efetivamente, prestado serviços ao Poder Legislativo.

Segundo investigações do MPMG, iniciadas em janeiro de 2017, cerca de 50 servidores e estagiários eram remunerados para prestação de serviços particulares aos vereadores, inclusive em campanhas eleitorais, mas nunca sequer estiveram no edifício da Câmara.

Um dos casos mais destacados é de um servidor, ocupante de cargo de confiança na Câmara Municipal de Santa Luzia, mas que havia deixado o Brasil em 2016 e morava na Inglaterra. Mesmo sem estar em Santa Luzia, sua folha de ponto era assinada de forma assídua e o homem continuava a receber como assessor de gabinete.

De acordo com o MPMG, as provas foram obtidas por meio de relatos de testemunhas e informações da Polícia Federal a partir do Sistema de Tráfego Internacional de Pessoas.

Os documentos alvo da busca foram apreendidos por determinação da 2ª. Vara Criminal da Comarca de Santa Luzia, que também deferiu a quebra do sigilo bancário de alguns dos investigados para rastrear o destino final dos recursos desviados.

Os investigados podem ser acusados de associação criminosa (pena de reclusão de um a três anos), falsire ideológica (pena de reclusão de um a cinco anos), peculato (pena de reclusão de dois a doze anos) e lavagem de dinheiro (pena de reclusão de três a dez anos).

A reportagem do Hoje em Dia entrou em contato com a assessoria da Câmara Municipal de Santa Luzia e aguarda um posicionamento. *colaborou Hoje em Dia

associação criminosa caça fantasmas câmara campanhas eleitorais cargo confiança destacados estagiários falsidade informações internacional investigados lavagem de dinheiro peculato pessoas policia federal portal das gerais prefeitura prestação de serviços remunerados santa luzia segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio servidor servidores testemunhas tráfego vereadores