Notícias

A estreia do Cruzeiro na Libertadores de 2019 foi com uma boa vitória fora de casa, diante do Huracán-ARG, em Buenos Aires, por 1 a 0

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –  edição Jane Huscher

A estreia do Cruzeiro na Libertadores de 2019 foi com uma boa vitória fora de casa, diante do Huracán-ARG, em Buenos Aires, por 1 a 0, gol de Rodriguinho, o melhor em campo. Seguro, o time comandado por Mano Menezes soube segurar o ímpeto dos argentinos e controlou o jogo na maior parte do tempo, mesmo com alguns momentos de pressão do Huracán por estar atrás no placar. O maior mérito da vitória cruzeirense foi com a boa atuação do meio de campo titular, que entrou com Henrique, Lucas Romero, Robinho, que deu um lindo passe para o gol, e Rodriguinho. O quarteto atacou bem e preencheu bem os espaços no campo de defesa do Huracán, permitindo poucas ações ofensivas.

Outro destaque positivo foi o meia-atacante Rafinha, que mostrou velocidade ao time pelos lados em um campo pesado pelas chuvas que castigaram Buenos Aires durante todo o dia. Já a zaga formada por Léo e Murilo teve bons momentos, mas o retorno de Dedé será essencial para o restante da competição.

A nota preocupante foi alto número de cartões que o time brasileiro levou, seis no total, incluindo a dupla de zaga. Mas, se o árbitro peruano Diego Haro foi exigente com os mineiros, o mesmo não ocorreu com a equipe da casa, que fez pelo menos três infrações que mereciam ser punidas com advertência pelo amarelo.

Os seis minutos de acréscimo no segundo tempo foi outro exagero da arbitragem que também expulsou o técnico Mano Menezes. Todavia, o trio acertou ao marcar um impedimento no go que o Huracán marcou aos 49 do segundo tempo.

Fora o sufoco no fim da partida, o Cruzeiro demonstrou que está com um bom espírito para a Libertadores 2019 e pode sim se credenciar como uma das grandes forças do torneio continental.

O time celeste começou com o pé direito na competição, trouxe os três pontos e volta à campo na próxima quarta-feira, 13 de março, diante do Deportivo Lara-VEN, no Mineirão,às 19h15. O Huracán encara o Emelec-EQU, fora de casa, quinta-feira, 14 de março, às 23h de Brasília.

FICHA TÉCNICA

HURACÁN-ARG 0 X 1 CRUZEIRO

Estádio: Estádio El Palacio – Buenos Aires(ARG)

Data-hora: 7 de março de 2019, às 19h

Árbitro:Diego Haro (PER)

Assistentes: Jonny Bossio e Jesús Sánchez(PER)

Gols: Rodriguinho, aos 29’-1º T(0-1)

Cartões Amarelos: Rafinha, Lucas Romero, Murilo, Léo, Fred, Egídio(CRU), Roa, Gamba(HUR)

Cartões Vermelhos: –

Renda e público: não divulgados

HURACÁN-ARG: Silva, Chimino, Salcedo, Mancinelli, Alderete, Auzqui(Javier Mendoza, aos 33’-2ºT), Rossi, Damonte(Toranzo, aos 41’-2ºT), Roa( Chavéz, aos 19’-2ºT), Lucas Gamba e Lucas Barrios. Técnico: Antonio Mohamed

CRUZEIRO: Fábio; Edílson, Léo, Murilo e Egídio; Henrique, Lucas Romero (Ariel Cabral, aos 25’-2ºT), Robinho, Rodriguinho(Fabrício Bruno, aos 30’-2ºT),Rafinha(Marquinhos Gabriel, aos 43’-2ºT) e Fred Técnico: Mano Menezes.

arbitragem árbitro campo casa chuvas competição cruzeiro espaços estreia gol ímpeto jogo mineirão placar portal das gerais pressão segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio técnico titular vitória