Notícias

A finalíssima da Copa Libertadores está garantida.

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –  Jane Huscher

Neste sábado(8), a Corte Arbitral do Esporte (CAS) rejeitou o pedido de urgência do Boca Juniors que, em mais uma tentativa na Justiça, solicitou os pontos do jogo de volta contra o River Plate, marcado inicialmente para acontecer no dia 24 de novembro.

A entidade manteve a decisão do torneio para este domingo, 09 de dezembro, às 17h30, no Santiago Bernabéu, em Madri, na Espanha.

A Câmara de Apelações da Conmebol havia rejeitado a mesma solicitação do clube ‘xeneize’, depois que a entidade sul-americana considerou o pedido de vitória improcedente. Se o time azul e amarelo fosse bem-sucedido, como empatou na ida em 2 a 2, no estádio La Bombonera, ficaria com o título.

A final no Monumental não aconteceu em função do ataque, com pedras e garrafas, de torcedores do River ao ônibus do Boca, ferindo, inclusive, o volante Pablo Pérez. Com isso, o jogo foi adiado para o dia seguinte e, depois, suspenso, sendo remarcado para o estádio do Real Madrid.

Veja a nota na íntegra:

O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) rejeitou o pedido urgente de medidas provisórias apresentado ontem por C.A. Boca Juniores com quem solicitou a suspensão da segunda etapa da final da Copa Libertadores 2018 entre C.A. Boca Juniors e C.A. River Plate para ser jogado em 9 de dezembro de 2018 no Estádio Santiago Bernabéu em Madrid, uma vez que a decisão do Tribunal de Recurso do CONMEBOL de 6 de dezembro de 2018 que rejeitou o recurso de CA Boca Juniors e seu pedido que C.A.

O River Plate é desqualificado da Copa Libertadores 2018. A segunda mão da final da Copa Libertadores de 2018 entre estas duas equipes de Buenos Aires Foi inicialmente agendado para 24 de novembro de 2018 no CA. River Plate mas teve que ser adiada devido ao ataque sofrido pelo C.A. Boca Juniors a caminho do Estádio Monumental.

À luz desses incidentes, as autoridades da CONMEBOL decidiram que o jogo de volta da final da Copa Libertadores 2018 teve que ser disputado em 9 de dezembro 2018 em Madri, Espanha. C.A. O Boca Juniors pediu à CONMEBOL para desqualificar o C.A. Taça River Plate Libertadores 2018, mas este pedido foi rejeitado em primeira instância pelo Tribunal Disciplinar CONMEBOL em 29 de novembro de 2018 e, posteriormente, pela Câmara de Apelações da CONMEBOL em 6 de dezembro de 2018.

Em 7 de dezembro de 2018, C.A. O Boca Junior interpôs recurso junto ao TAS, junto com um pedido urgência de medidas provisórias; Este pedido foi rejeitado a partir de hoje.

Com seu apelo, o C.A. O Boca Juniors solicitou que a decisão do Tribunal de Apelações do CONMEBOL e que o CA River Plate fosse desqualificado da Copa Libertadores de 2018. As bases legais do recurso serão analisadas mais tarde por um treinamento arbitral do TAS. O procedimento arbitral continuará seu curso com a troca de escritos.

adiado apelações arbitral ataque corte dia empatou entidade espanha esporte final finalíssima improcedente jogo Justiça libertadores medidas pontos portal das gerais recurso rejeitado rejeitou remarcado river segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio solicitação suspenso tentativa torneio urgência vitória