Notícias

A Justiça suspendeu temporariamente a medida do presidente Donald Trump que nega asilo aos imigrantes que entram nos Estados Unidos sem passar antes pelo controle nas fronteiras.

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –  edição Jane Huscher

A Justiça suspendeu temporariamente a medida do presidente Donald Trump que nega asilo aos imigrantes que entram nos Estados Unidos sem passar antes pelo controle nas fronteiras. A proposta anunciada no dia 9 deste mês era direcionada  aos milhares de imigrantes de países da América Central que desde o mês passado caminham em direção à fronteira sul do país. A decisão do juiz federal de São Francisco, Jon S. Tigar, viu conflito com a lei já existente na medida, informou a rede de televisão CNN. “Seja qual for o escopo da autoridade do presidente, ele não pode reescrever as leis de imigração para impor uma condição que o Congresso expressamente proíbe”, escreveu no processo.

A medida vale para todo o país até 19 de dezembro, quando o juiz agendou outra audiência. A proposta de Trump era manter a rejeição de asilo a quem entra ilegalmente até a assinatura de acordo com o México para deportar os imigrantes da caravana. Em sua justificativa, o governo afirma que tem o poder exclusivo de frear a imigração a fim de garantir a segurança nacional. A estimativa é que a caravana tenha cerca de 8 mil pessoas. Ao menos 2 mil delas já chegaram à cidade mexicana de Tijuana, na fronteira com os Estados Unidos. Outras 3 mil estão em Mexicali, também no limite entre os dois países.

Cerca de 5 mil militares norte-americanos foram enviados para reforçar a segurança na fronteira. Novas barreiras e arame farpado também tentam impedir a entrada dos imigrantes. O prefeito de Tijuana, Juan Manuel Gastelum, calcula que o grupo permaneça na cidade por ao menos seis meses enquanto aguarda respostas a pedidos de asilo feitos aos Estados Unidos. O posto de
imigração na fronteira tem recebido média de 100 pedidos por dia.

arame asilo autoridade barreiras caravana congresso controle dia farpado fronteiras ilegalmente imigração imigrantes Justiça média medida militares países portal das gerais processo reescrever reforçar rejeição respostas segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio suspendeu temporariamente