Notícias

A Polícia Militar de Minas Gerais anunciou na manhã desta sexta-feira (14) as estatísticas de criminalidade no Estado neste ano.

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –  edição Jane Huscher

A Polícia Militar de Minas Gerais anunciou na manhã desta sexta-feira (14) as estatísticas de criminalidade no Estado neste ano, em evento na sede da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg). De acordo com a corporação, o crime de tráfico de drogas subiu 14,37% em Minas no período entre 2010 e 2018. Os números saltaram de 19.695 registros em 2010 para 31.740 boletins de venda de entorpecentes.

Em relação ao número de prisões e apreensões, a PM registrou queda de 1,43%, se comparado com o ano passado. Em 2017 foram 312.024 procedimentos de detenção realizados, contra 307.566 neste ano.

Já as taxas de homicídio tiveram redução de 22,81%, em comparação com o ano passado. Foram 3.678 assassinatos registrados em 2017, contra 2.639 neste ano.

De acordo com o comandante-geral da PM, coronel Helbert Figueiró, as estatísticas foram positivas e apontam para uma necessidade de continuidade no modo de atuação da corporação no Estado.

Em tom de despedida, já que outro militar será nomeado para a chefia da PM pelo governador eleito Romeu Zema (Novo), Figueiró ainda anunciou que o Estado está em fase final de ajustes para aprimorar o combate aos criminosos que atuam em ataques a banco no interior de Minas.

“É uma prática que nos atormentava. Estamos em fase final de compra de 40 veículos blindados para atuar em pontos estratégicos para dar a resposta imediata, com enfrentamento, a esses criminosos, para combater essa prática”, disse o militar.

Segundo a PM, os ataques a instituições financeiras tiveram queda de 48,92% neste ano em Minas Gerais. De janeiro e dezembro de 2018, foram registradas 95 ocorrências, contra 186 no ano passado.

Aplicativos

Durante a apresentação, o comandante-geral da PM ainda anunciou que aplicativos para aprimorar o trabalho dos militares estão em desenvolvimento.

Uma das ferramentas é 190 smart, que dará ao cidadão que registrou alguma queixa a oportunidade de acompanhar, em tempo real, o deslocamento da viatura até o endereço do chamado.

assassinatos atormentava atuação blindados chamado combater comparação coronel corpo de bombeiros policia civiil de minas gerais policia de minas gerais policia militar de minas gerais portal das gerais Rede Gerais de Comunica~ção rede gerais de radio Segurança Pública corporação criminalidade criminosos desenvolvimento deslocamento detençaõ estado estatísticas evento financeiras governador imediata instituições militar nomeado ocorrências oportunidade passado portal das gerais positivas procedimentos queixa redução registradas registrados resposta segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio tempo veículos viatura