ÁMEM (Associação Do Militares Estaduais De Minas Gerais), divulga comunicado urgente !

  • Nenhum comentário

ÁMEM URGENTE: HÁ DOIS ANOS A ÁMEM APRESENTAVA UMA SÉRIE DE DENÚNCIAS QUE DEMONSTRAVAM A INTENÇÃO DO GOVERNO DO PT DE DESESTABILIZAR OS SISTEMAS DE PREVIDÊNCIA E SAÚDE DA CORPORAÇÃO COM CONIVÊNCIA DO COMANDO DA CORPORAÇÃO. QUEM IGNOROU HOJE PARECE ACREDITAR!

Há dois anos e dois meses a ÁMEM, então recém criada, passou a denunciar uma série de medidas do Comando do HPM e da Diretoria de Saúde para mudanças radicais no sistema de saúde da forma que conhecíamos. Posteriormente soubemos que eram medidas alinhadas com o Comando da Instituição.

Inicialmente profissionais do QOS criaram um grupo em rede social onde discutiam à respeito de forma legal e respeitosa. Informado pela inteligência do Comando, o então Cmt do HPM investigou o grupo e passou a assediar o responsável pelas discussões em conversas a portas fechadas.

As conversas, acompanhadas de retaliações como perdas de chefia e chamadas repentinas à portas fechadas acabaram se transformando em processo contra o assediador junto à Justiça militar, mas a desmotivação, baixas e aposentadorias precoces seguiram sendo rotina no HPM.

Agora parece que a maioria despertou para o assunto. Denúncias coletivas em redes sociais, audiências públicas e cobranças ao Comando e presidência do Instituto começam a dar algum resultado com o retorno de alguns convênios importantes na capital.

Já o pessoal do interior denuncia que os convênios perdidos não estão retornando, mostrando que algumas conquistas ( ou reconquistas no caso ) são parte de uma estratégia para se abafar uma revolta com o sucateamento da nossa saúde. Por outro lado muitos estão percebendo a diferença entre previdência e saúde agora, já que a atuação principal do IPSM nessas duas áreas sempre foram ligadas de forma siamesa.

Cada dia fica mais claro que o Governo do PT só age mediante pressão, fica o nosso respeito a quem prefere se manifestar à distância, mas entendemos que as mobilizações devem continuar e por isso apoiamos a manifestação dos servidores da segurança pública em 23 de julho às 13 horas, na Praça Sete, Belo Horizonte.

Da mesma forma entendemos que o grupo de estudo e força legal propostos pelo Coronel Mendonça em prol do IPSM é muito bem vindo com a participação de advogados ex PMs e BMs da ativa e demais interessados como pessoa física, sem participação de entidade e demais lideranças. Será no próximo sábado dia 14 de julho, a partir das 09 horas em frente ao Clube dos Oficiais no Bairro Prado.

A ÁMEM segue com sua preocupação com o sistema de saúde da Corporação e a nossa Previdência tão cara para toda a família militar, fazendo o contra ponto sempre de forma respeitosa mas independente e sem apelos políticos, até porque na sua Diretoria não há candidatos ao pleito político de 2018. Nosso incentivo a todos sempre pela participação!

abafar cara coletivas comando convênio corpo de bombeiros policia civiil de minas gerais policia de minas gerais policia militar de minas gerais portal das gerais Rede Gerais de Comunica~ção rede gerais de radio Segurança Pública corporação denúncias desestabilizar estratégia família força governo grupo incentivo intenção lideranças portal das gerais previdencia respeitosa revolta saude segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio sistemas