Ámem (Associação dos Militares Estaduais de Minas Gerais), divulga informações sobre o IPSM

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais – O seu portal de Segurança Pública e Notícias  

ÁMEM URGENTE: IPSM, QUEM É CONTRA E QUEM É A FAVOR?

Nos últimos dias foram divulgadas uma carta do Deputado Federal Sub Tenente Gonzaga, seguida de uma resposta pessoal do Comandante Geral da PMMG.

A origem, as palestras do Comandante Geral, em várias regiões do Estado, para uma tropa que tem recebido muito mal suas afirmações. Não por serem avaliações incorretas sobre riscos, mas pela paixão na defesa clara de um governo que não cumpriu com suas promessas.

Por exemplo, foi afirmado que o Governador pode a qualquer momento deixar de repassar verba para as pensionistas ou mesmo para o pessoal da reserva, o entendimento não foi outro por mais que não tenha sido sua vontade.

Dizer que ficou sabendo há 30 dias como funciona o mecanismo do Instituto é assustador. Mais assustador ainda a resposta apaixonada à carta de parlamentar, dizendo que se referia a uma outra perspectiva, e que não a poderia informar naquele momento.

E mais assustador ainda ignorar que governos passados fizeram a mesma coisa. Nunca Comandante Geral algum enalteceu a obrigação do Governador.

Assustador o cuidado e a insistência do atual comando em querer denegrir a imagem de lideranças classistas e associações, como se fossem os verdadeiros inimigos da tropa.

Para que “instituiu” Comissão para proposta de regulamentação se monocraticamente iria arquivar? E se arquivou em 2017, que gestão foi feita para solução do problema mais de um ano após?

O fato do senhor estar próximo da reserva não garante, por si só, que seus discursos não sejam defesa, não do Estado, mas do governo Fernando Pimentel. Se não for parece demais, lembre-se que os áudios foram exaustivamente distribuídos, difícil negar o que foi amplamente divulgado em viva voz.

Por fim, parece que já é tarde demais para se aproximar das entidades e demais lideranças, nesse quesito o senhor falhou de forma irreversível, mas dá tempo de fazer algo em relação ao Instituto. O que oficiais e praças querem saber é se o Comandante Geral vai propor a aludida regulamentação.

O senhor diz que não tem segurança que a lei saia da forma que vai entrar na Assembleia legislativa, mas todos sabemos que o Governador Fernando Pimentel tem maioria na casa, e nós temos maioria com a oposição, quando o senhor realmente vai fazer a gestão em favor do Instituto, porque esta parte do áudio ninguém recebeu.

ÁMEM -MG

associações carta comandante comissão deputado entidades gestão governo instituto ipsm lideranças oficiais palestras pessoal portal das gerais praças recebido resposta segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio