Notícias

ATLETAS VALORIZAM O TRABALHO NA INTERTEMPORADA DEPOIS DO GRANDE TRIUNFO SOBRE O RIVAL PELA COPA DO BRASIL

  • Nenhum comentário

O Cruzeiro goleou o Atlético por 3 x 0, na primeira partida pelas quartas de final da Copa do Brasil

Depois da grande exibição, na goleada sobre o rival, por 3 a 0, no primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil, os jogadores do Cruzeiro saíram de campo exaltando a performance do elenco.

Dedé, muito seguro durante todo o jogo, lembrou da situação na qual a equipe se encontrava e tratou de valorizar o compromisso dos companheiros na partida magnífica do Clube, diante do rival, no Mineirão lotado pela Nação Azul.

“Estava nos incomodando muito (o jejum), muitos jogos sem ganhar, uma equipe qualificada que é a nossa, um clube com muito respeito no cenário nacional e mundial. Isso incomodou bastante, também a situação do Brasileiro, a zona de rebaixamento. Nosso time focou na parada (pra Copa América), trabalhou. Fizemos o máximo das tarefas pedidas pelo professor. O mais importante foi que os jogadores bateram no peito e assumiram a responsabilidade. Focamos 100% nos treinamentos, no que é pedido. Focamos 100% na teoria do treinador, pra que a gente fizesse um bom jogo. É manter na sequência do ano. Queria citar também o árbitro, que soube conduzir bem a partida, não ficou parando pro VAR, viu rapidinho. Não deu nenhum cartão amarelo, soube disciplinar nossa equipe, a equipe adversária. Fez o futebol ficar melhor”, disse o zagueiro.

Robinho, autor do terceiro gol da Raposa, falou do lance, e da confiança que o resultado dará ao time celeste para os próximos compromissos. Robinho se lembrou dos dias de trabalho da intertemporada e da importância do trabalho para a disputa da Copa América.

“Quando o Marquinhos roubou a bola (no terceiro gol), eu chapei (no chute), a bola bateu no Réver e voltou. Quando voltou, vi que o Victor estava no chão. Aí foi só chutar no gol e comemorar. Feliz por acertar o chute, que não é fácil. Mais feliz ainda pela atuação da equipe. A gente perdeu a confiança num momento do ano, os últimos dois meses foram difíceis, mas a gente tem um treinador espetacular, que sabe nos devolver a confiança. A parada para a Copa América foi boa, porque concentramos, tivemos reuniões importantes para colocar as coisas no lugar. Treinamos muito, e hoje deu resultado. A gente nem esperava que seria um placar assim, pela dificuldade do clássico, pela grande equipe que é o Atlético-MG. Fomos felizes. Agora é descansar, porque no domingo (no Brasileirão) a gente precisa vencer também”, finalizou o meia.

Por Jardel Gama

Com Informações do CEC, Angel Drumond.

#clássico #vitoria #cruzeiro #3x0 #atlético #Copa do Brasil #Mineirão