Notícias

ATLÉTICO DOMINA O JOGO, MAS PERDE PARA O BAHIA EM BH

  • Nenhum comentário

Com o resultado, o Galo permaneceu com 27 pontos, em 5º lugar na tabela de classificação.

Em partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético pressionou o adversário e criou boas oportunidades, mas não converteu o domínio em gols e perdeu por 1 a 0 para o Bahia, neste sábado, na Arena Independência.
Com o resultado, o Galo permaneceu com 27 pontos, em 5º lugar na tabela de classificação.
Na próxima rodada, o adversário será o Corinthians, no próximo domingo (1/9), em São Paulo.
Antes, terça-feira, o Galo irá até Bogotá, na Colômbia, enfrentar o La Equidad, na luta por uma vaga nas semifinais da Copa Sul-Americana.
O JOGO
O Galo foi ao ataque pela primeira vez no lançamento de Otero para Alerrandro e o goleiro Douglas saiu do gol para afastar o perigo.
Nathan tentou duas finalizações na grande área e foi travado pelo zagueiro nas duas oportunidades. Aos sete minutos, em lance na grande área pela direita, Geuvânio tentou tabela com Luan, que errou a devolução.
Em novo ataque atleticano pela direita, Luan cruzou rasteiro e a defesa baiana fez o corte.  Na jogada seguinte, após cobrança de escanteio, Nathan tentou finalização da entrada da área e a bola explodiu no zagueiro.
Aos 19 minutos, Cleiton fez boa defesa em arremate de Lucca. Na sequência do lance, Hernández errou passe pela esquerda, o Bahia recuperou a bola  e abriu o placar com Gilberto.
O Atlético tentou responder na finalização de Geuvânio, defendida pelo goleiro Douglas, que também defendeu chute de Alerrandro, aos 23 minutos.
Luan arriscou de fora da área, aos 28, por cima do gol. Em seguida, Otero cobrou falta da intermediária, também sobre o gol.
Na última boa chance do primeiro tempo, aos 40 minutos, Alerrandro recebeu passe de Otero e concluiu para mais uma defesa de Douglas.
O Atlético voltou para o SEGUNDO TEMPO com Maicon no lugar de Otero.
Aos quatro minutos, após cruzamento pela direita e corte parcial da defesa, a bola sobrou para Hernández, que errou a finalização.
O goleiro do Bahia fez outras duas boas intervenções em arremates de Geuvânio e Alerrandro.
Aos nove minutos, Guga cruzou pela direita, a bola desviou no zagueiro e saiu rente à trave. Dois minutos depois, Cleiton fez boa defesa no chute de Lucca.
Alerrandro foi substituído pelo estreante Di Santo, aos 14 minutos.
O Atlético seguiu pressionando em busca do empate e a zaga baiana afastou o perigo após cruzamento de Nathan pela direita. Aos 22, Nathan arriscou de fora da área e Douglas fez a defesa no cano esquerdo.
Em lance na grande área, Di Santo escorou a bola para a conclusão de Geuvânio e a bola desviou no zagueiro. deixou o campo para a entrada de Terans, que cobrou falta de longa distância, aos 28, para mais uma defesa de Douglas.
Aos 37 minutos, Hernández sofreu falta pela esquerda, Terans fez a cobrança para a grande área e a defesa fez o corte pelo alto.
O Galo lutou até o final, mas não conseguiu furar o bloqueio baiano. Na última chance, aos 47, Geuvânio tentou de fora da área e Douglas fez outra defesa.
FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 0 x 1 BAHIA
Competição: Campeonato Brasileiro
Rodada: 16ª
Data: 24/08/2019
Gol: Gilberto (19’/1ºT)
Público: 22.401
Renda: R$471.083,00
Estádio: Arena Independência
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Atlético
Cleiton; Guga, Leonardo Silva, Igor Rabello, Lucas Hernández, Zé Welison, Nathan, Otero (Maicon), Luan (Terans), Geuvânio e Alerrandro (Di Santo).
Técnico: Rodrigo Santana.
Bahia
Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho, Giovanni, Gregore, Flávio, Ronaldo (Guerra), Artur, Gilberto (Fernandão) e Lucca (Elber).
Técnico: Roger Machado.
Cartões amarelos: Flávio, Artur (Bahia)
Equipe de Arbitragem
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa-PR)
Árbitro Assistente 1: Bruno Boschilia (Fifa-PR)
Árbitro Assistente 2: Victor Hugo Imazu dos Santos (AB-PR)
Quarto Árbitro: Murilo Francisco Misson Junior (CD-MG)
Analista de Campo: Sandoval Franco Ferreira (CBF-MG)
Árbitro de Vídeo: José Cláudio Rocha Filho (AB-SP)
Assistente de Árbitro de Vídeo 1: Douglas Marques das Flores (AB-SP)
Assistente de Árbitro de Vídeo 2: Luciano Roggenbaum (AB-PR)
Observador de VAR: Antônio Pereira da Silva (CBF-GO)