Notícias

BOMBEIROS QUE ATUARAM EM M0ÇAMBIQUE RECEBEM HOMENAGEM NO RETORNO PRA CASA

  • Nenhum comentário

A ajuda humanitária cumprida por militares brasileiros na África chegou ao fim nesta semana

Por: Jardel Gama

Os Bombeiros Militares da 2ª equipe que atuou na ajuda humanitária à população de Moçambique vão receber uma homenagem pelos serviços prestados, em solenidade oficial. O evento será neste sábado (8), às 09h, no Complexo Pampulha, ao lado do Aeroporto da Pampulha.

Foto: CBMMG

Retorno ao Brasil

A ajuda Humanitária cumprida por militares brasileiros na África chegou ao fim nesta semana. Após 70 dias de empenho, a segunda equipe de bombeiros militares de Minas Gerais desembarca nesta sexta-feira (06) em Belo Horizonte.

A Ida a Moçambique

Após acionamento do Governo Federal, com interlocução da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), vinculada ao Ministério das Relações Exteriores, o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) enviou para Moçambique, considerando as duas equipes, 25 militares especialistas em operações de busca, salvamento e gestão do desastre, que permaneceram no país por mais de 2 meses.

O país foi devastado pelos ciclones Idai e Kenneth, que atingiram o continente, provocando centenas de mortes em Moçambique, Zimbabué, Malawi e Pemba. Mais de 2,5 milhões de pessoas foram diretamente afetadas e as inundações decorrentes do fenômeno atingiram também Madagascar e África do Sul.

Pela primeira vez no país, equipes de bombeiros militares foram enviados para atuar na ajuda humanitária em uma missão internacional. A expertise dos militares mineiros em ações de Defesa Civil foi o grande diferencial para a convocação dos militares. A experiência dos homens do CBMMG em catástrofes no estado também foi fundamental para diminuir os efeitos do impacto secundário no pós-tragédia em Moçambique.

Principais atividades desempenhadas pelos bombeiros de Minas Gerais na Operação Moçambique:

 – Montagem de acampamentos para desabrigados e tendas para atendimento médico;

– desobstrução de estradas, permitindo que a população tivesse acesso aos serviços essenciais nos centros urbanos;

– transporte de combustível, alimentos, medicamentos e outros suprimentos, por meio de botes, viaturas e aeronaves;

– corte e poda de árvores comprometidas pelos ciclones;

– promoção de treinamentos e simulados às comunidades locais, com o objetivo de prevenir acidentes e incêndios;

– reconstrução de telhados de escolas, igrejas e casas, devolvendo as edificações à comunidade;

– reparo de bombas hidráulicas para o restabelecimento de sistemas de bombeamento de água nas comunidades locais;

– busca e salvamento na cidade de Pemba, devido ao ciclone Kenneth, segundo a atingir o país.

Confira no vídeo abaixo a saída dos Bombeiros de Minas Gerais, de Moçambique para o Brasil.

#moçambique #bombeirosdeminasvoltamaobrasil #homenagem #seguraçapúblicaportaldasgerais