Notícias

Conhecido traficante e homicida, condenado a 53 anos de prisão, “Totó”, saiu tranquilamente pela porta da frente na Penitenciária Nélson Hungria em Contagem (MG). Em operação realizada nesta quarta-feira (1º) pela Polícia Civil, 12 membros de seu bando foram presos.

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –  por Jane Huscher

Um dos mais perigosos traficantes e homicidas de Minas Gerais, que estava preso na penitenciária Nélson Hungria,em Contagem na região Metropolitana de Belo Horizonte, Luís Henrique Nascimento Vale (35), mais conhecido como Totó, condenado a 53 anos de prisão, saiu tranquilamente da prisão, pela porta da frente, dias antes do Réveillon e apenas 17 meses após ser preso e levado para a unidade.

Investigações apontam que essa “saída” é fruto de uma propina de R$ 600 mil, que além de ter ‘liberado’ o traficante, eliminou dos registros da Polícia Civil todos os dados sobre condenações e impedimentos da ficha de “Totó”, inclusive com mandado de prisão em aberto.

Um novo mandado de prisão foi expedido e agora “Totó” é considerado foragido da justiça.

As informações sobre o pagamento de propina foram divulgadas nesta quarta-feira (1º), durante uma megaoperação da Polícia Civil contra o bando de “Totó”. Entre os comparsas capturados (12), um é irmão do traficante. “Totó” já deu entrada seis vezes em presídios mineiros, entre 2008 e 2016, sempre beneficiado com alvarás de soltura.

Entre os assassinatos que “pesam” sobre Totó, dois chamam atenção: o assassinato do empresário, Adriano Costa Vale (37), dono da Santa Cruz Acabamentos e do advogado Jayme Eulálio de Oliveira.

aberto apontam assassinato foragido frente homicidas investigações Justiça penitenciária perigosos pesam porta portal das gerais preso prisão propina segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio totó traficante traficantes tranquilamente