Dormindo em berço explêndido

  • Nenhum comentário

Está se esgotando o prazo para o “desgovernador” reconhecer o valor e a importância dos profissionais de segurança pública de Minas Gerais. Até agora, um silêncio ensurdecedor paira sobre o comando da PMMG e sobre as autoridades que deviam pelo menos obedecer às leis e cumprir a data base acordada para todo mês de outubro.

Será que usarão as forças de segurança para fazer propaganda e vão continuar a parcelar salários, deixar de repassar o dinheiro de nossa saúde, se apoderar de nossos benefícios trazendo dificuldades financeiras aos servidores como por exemplo as férias prêmio, diárias e outros direitos?

Nos quartéis continuam as escalas abusivas, prejudicando a saúde e o lazer dos policiais. A lei da mordaça continua, com transferências absurdas de colegas, por terem participado de movimentos reivindicatórios; por escolherem BOLSONARO como  candidato a presidente; por falarem que os salários estão atrasados; por falarem que a inflação corroeu nosso dinheiro. Quando que as autoridades, que tem o dever de valorizar seus comandados, vão descobrir que precisam buscar melhorias não só de equipamentos, mas financeiras para que possamos ter um pouco de dignidade. De pelo menos arcar com nossas responsabilidades.

Como se não fosse o bastante, estão ocorrendo transferências e perseguições a colegas que buscam um complemento do já defasado rendimento. Há três anos sem aumento, um mandato prestes a  vencer, e até agora o “desgovernador” não conseguiu colocar a casa em dia. Será que é crise?

ACORDEM, COMANDANTE E REPRESENTANTES!, Valorização salarial já!.

Sub TEN Marinho
Redator do Plantão Policial MG
Diretor de Comunicação do  portaldasgerais.com.br

corpo de bombeiros noticias de minas noticias do brasil policia civiil de minas gerais policia de minas gerais policia militar de minas gerais portal das gerais Rede Gerais de Comunica~ção rede gerais de radio Segurança Pública