Notícias

Enquanto Donald Trump endurece as regras dos imigrantes, o méxico cria programa”Você está em casa” com o qual pretende facilitar a concessão do status de refugiado para os milhares de centro-americanos da caravana.

  • Nenhum comentário

A cidade do México está nublada e chuvosa. E nesse clima cinzento receberá nos próximos dias boa parte dos milhares de migrantes da caravana que deixou honduras em 12 de outubro.

As primeiras centenas de pessoas chegaram neste domingo e já estão agrupadas nas arquibancadas do estádio Jesús Martínez “Palillo”, na capital mexicana.

Eles estão visivelmente cansados. A maioria, assim que chegou, cobriu-se com os cobertores que foram oferecidos e deitou-se para descansar. Chegar na Cidade do México representa uma esperança de vida melhor para os migrantes.

“É o lugar que achamos mais seguro”, explica Rodrigo Abeja, da ONG Pueblos sin Fronteras, que acompanha a caravana desde sua criação.

Como todos os entrevistados, Abeja considera a cidade um ponto “crucial”.

Ele diz que a recepção na capital tem sido melhor do que em outros Estados e com uma visão mais humanitária, já que foram enviadas antecipadamente unidades de assistência médica, psicológica e alimentar.

Criança migrante recebe colchão em abrigo na Cidade do México — Foto: Henry Romero/Reuters

“Aqui, saberemos o que fazer a partir de agora”, diz Guadalupe García, uma hondurenha que integra a caravana.

Esta também é a percepção de várias organizações de ajuda humanitária.

“Além de garantir espaços, cuidar da saúde e da nutrição das pessoas em migração, na Cidade do México temos um papel muito importante: dar informação para que eles possam tomar as melhores decisões”, explica a presidente da Comissão de Direitos Humanos da capital, Nashieli Ramírez.

As pessoas da caravana são, em sua maioria, de origem humilde e têm pouco conhecimento das leis do México e dos Estados Unidos, o que pode levá-las a tomar decisões equivocadas, diz Leticia Calderón, pesquisadora do Instituto Mora.

Na semana passada, no período que antecedeu as eleições legislativas (que acontecerão nesta terça-feira, 6 de novembro), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que seu governo está preparando um endurecimento na gestão dos pedidos de ailo para o país.

O governo do México, por sua vez, anunciou um plano chamado “Você está em casa” com o qual pretende facilitar a concessão do status de refugiado para os milhares de centro-americanos da caravana.

arquibancadas caravana centro-americanos chuvosa cinzento colchão corpo de bombeiros policia civiil de minas gerais policia de minas gerais policia militar de minas gerais portal das gerais Rede Gerais de Comunica~ção rede gerais de radio Segurança Pública criança crucial direitos humanos eleições entrevistados estádio humilde legislativas migrante migrantes milhares nublada origem ponto portal das gerais refugiado segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio