Notícias

Membro de torcida organizada era traficante no bairro Planalto, região norte da capital mineira. Foi preso, por tentativa de suborno e tráfico de drogas

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –  edição Jane Huscher

Um integrante de uma torcida organizada do Cruzeiro está entre os quatro presos por suspeita de tráfico de drogas próximo à Vila Olímpica, no bairro Planalto, Região Norte de Belo Horizonte. Conforme o boletim de ocorrência, a Polícia Militar (PM) recebeu a informação sobre uma entrega de drogas no bairro, na noite desta terça-feira (12).

Os militares sabiam que os suspeitos estavam em Fiat Punto. Uma operação foi montada, o veículo foi identificado, a perseguição iniciada e terminou na rua Eli Murilo Cláudio. Duas pessoas estavam no Punto: Gerson Gustavo de Medeiros, 27 anos, e Marcelo Filipe Sales e Silva, de 28, que disse aos militares ser integrante do Comando Zona Norte (CZN), da Máfia Azul. Com eles foram apreendidos nove pinos de cocaína e duas porções de maconha.

Gerson ainda tentou subornar os militares, oferecendo uma arma em troca da liberdade. Os policiais fingiram aceitar e foram até a casa dele, no bairro Jardim dos Comerciários, região de Venda Nova. Na residência, mais porções de maconha, além de munições calibre 22 e 25 foram apreendidas.

Na sequência da ocorrência, os militares foram até outra casa, no bairro Mantiqueira, onde apreenderam mais droga e prenderam Daniel Pereira de Souza, 34 anos. Além de Gerson, Marcelo e Daniel, Rodrigo Alberto Carneiro Silva, 28 anos, foi preso na ocorrência.

Ao todo, a PM encontrou com os supeitos R$ 490,67 papelotes de cocaína, 589 pinos de cocaína, duas porções da mesma droga, porções de maconha, seis cartuchos calibre 12, 18 cartuchos calibre 25, três cartuchos calibre 38, um carregador de pistola 380, três balanças de precisão, celulares, uma pistola beretta 635 e dois revólveres calibre 38.

De acordo com a PM, os suspeitos eram monitorados desde fevereiro, quando militares receberam a informação que “Marcelim” (Marcelo) e “Amarelo” (Rodrigo Alberto Carneiro Silva) abasteciam o tráfico no aglomerado São Tomaz, também no lado Norte da capital.

*com informações PMMG/Itatiaia

balança de precisão capital carregador cartuchos casa celulares cocaína dorga drogas integrante maconha militares montada ocorrência operação papelotes perseguição pessoas pistola policiais porções portal das gerais presos quadrilha revólveres segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio subornar suspeitos tráfico