Notícias

Minas terá viagem de trem para o Rio de Janeiro a partir do início de 2019.

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –  edição Jane Huscher

A ansiedade de quem quer viajar de Minas Gerais até o Rio de Janeiro de trem pode estar com os dias contatos. As composições que farão o trajeto podem começar a circular no início de 2019. Essa é a expectativa da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) Amigos do Trem, responsável pela implantação do projeto.

Para dezembro está prevista uma viagem inaugural e, até fevereiro do ano que vem, o passeio turístico poderá ser aberto para o público. “Ainda não temos os detalhes das viagens, mas estou confiante que tudo dará certo”, contou Cyntia Nascimento, que está à frente da Amigos do Trem. Ela revelou que nesta quarta-feira (28) irá se reunir com representantes da cidade fluminense de Três Rios para acertar os detalhes decisivos do funcionamento do trem. “Lá é a nossa cidade foco”, revelou.

O roteiro interestadual do Trem Rio-Minas percorrerá 160 km por oito cidades, partindo de Cataguases, na Zona da Mata mineira, à cidade de Três Rios, no estado vizinho. Outras seis cidades estarão na rota do passeio: Leopoldina, Recreio, Volta Grande, Além Paraíba e Chiador, em Minas; e Sapucaia, no Rio de Janeiro.

Pelo projeto, os passeios serão realizados aos sábados, domingos e feriados, e terá 6 horas de duração. Os trens poderão transportar até 850 passageiros por dia de funcionamento. As composições partirão simultaneamente de Cataguases e Três Rios. Os turistas poderão fazer o trajeto completo de ida e volta ou retornar para a origem trocando de trem na metade do caminho.

Entrave

Um dos empecilhos para a circulação das locomotivas é a divisão das linhas férreas com o transporte de cargas. O diretor de relações institucionais da VLI, Flávio Henrique Rodrigues Pereira, informou que qualquer inciativa nesse sentido precisa da autorização da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT). A representante da Amigos do Trem, Cyntia Nascimento, informou que aguarda o relatório com orientações da agência. A ANTT foi procurada pela reportagem, mas ainda não se manifestou sobre o assunto.

O investimento total para que o trem turístico possa operar é de R$ 1 milhão. O projeto pode contribuir para a geração de 500 empregos diretos e indiretos, além ajudar a manter preservado o patrimônio histórico das cidades.

O projeto Trem turístico Rio-Minas é coordenado pela Oscip Amigos do Trem e conta com o apoio das prefeituras, da iniciativa privada, além da concessionária da ferrovia Centro-Atlântica e de órgãos do governo federal ligados ao transporte ferroviário.

agência assunto autorização caminho cargas circular composição concessionária férreas ferroviário iniciativa institucionais investimento ligados linhas locomotivas minas gerais órgãos origem passeio portal das gerais relações relatório representante rio segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio trajeto transporte trem turistas turístico viajar