Notícias

Ministério Público do Rio de Janeiro ajuizou ação contra o Prefeito Marcelo Crivella (PRB), sob acusação de ter ferido o estado laico

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –   por Jane Huscher

Uma ação civil pública foi ajuizada contra o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), na noite desta quarta-feira (11), pelo Ministério Público. A promotoria entendeu que Crivella, em sua gestão, feriu o princípio legal do Estado laico.

O que detonou a ação foi a reunião realizada pelo prefeito, apenas com pastores e líderes de igrejas evangélicas no Palácio da Cidade, na semana passada. O prefeito ofereceu apoio para cirurgias de catarata e varizes pelo sistema público da saúde e para resolver ‘problemas’ com a isenção legal de pagamento de IPTU por templos religiosos.

O MP afirmou que “A controvérsia, por óbvio, não se cinge na religião professada pelo Prefeito Municipal, mas, sim, na interferência do poder público na vida privada das pessoas e na utilização da máquina pública para benefício de determinado seguimento religioso”.

A ação foi distribuida para a 7ª Vara de Fazenda Pública.

A ação faz um pequeno histórico de outras políticas municipais de Crivella  que teriam  violado o caráter laico do Estado. Como: o censo religioso nas academias “Rio Ar Livre”; a promoção do Festival de Cinema Cristão na Cidade das Artes; o corte de patrocínio de eventos religiosos de matriz afro-brasileira; o controle de eventos com poder de veto diretamente pelo gabinete do prefeito; e a realização de eventos pela Igreja Universal do Reino de Deus em escolas públicas.

 

academias ação ajuizada apoio benefício civil evangélicas gestão laico noite pastores portal das gerais prefeito promotoria públicas segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio violado