Notícias

Moradores de Brumadinho agradecem Corpo de Bombeiros com bilhetes nas viaturas.

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias – edição Jane Huscher

“Cada corpo encontrado é um alívio para as famílias, que podem ao menos se despedir de seus entes e amigos”

“Só queremos dizer obrigado”

“Que Deus abençoe cada um de vocês”

Os bilhetes com mensagens de agradecimento foram deixados por familiares de vítimas em Brumadinho como forma de agradecimento ao trabalho incansável do Corpo de Bombeiros desde o dia em que a barragem do Córrego do Feijão se rompeu, deixando um rastro de lama, destruição e mortes.

Uma maneira simples que os moradores encontraram para expressar gratidão. “Esse reconhecimento da população é uma coisa tocante. Trabalhar com esse reconhecimento nos dá uma força muito grande porque não é fácil a todo momento ir a campo, resgatar corpos e ainda pensar na quantidade de corpos a serem resgatados”, explica o chefe de operações, tenente-coronel Anderson Passos.

O militar veio de Uberaba, no Triângulo Mineiro, e faz parte da equipe de resgate formado por mais de 400 homens e mulheres entre militares e voluntários.

A corporação acredita que depois de 10 dias, a chance de achar sobreviventes é mínima, mesmo assim o trabalho continua. O porta-voz do Corpo de Bombeiros, tenente Pedro Ayhara, já havia destacado o árduo trabalho de lidar constantemente com as perdas. “O mais complicado não são todas as horas trabalhadas sem descanso, as adversidades e os esforços nas operações, mas lidar com a dor das famílias”, define Ayhara.

O tenente-coronel Passos se sente sensibilizado com as homenagens e agradece o carinho. “A possibilidade de fazer a diferença na vida das pessoas, ainda que seja dessa forma, de tentar localizar um parente, um amigo é gratificante. Poder levar esse alento às famílias , aos conhecidos, aos colegas de trabalho de encontrar seus entes queridos aqui vitimados”, diz.

O momento em que a barragem da mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, se rompeu foi flagrado por uma câmera de segurança da Vale. O vídeo mostra uma onda de lama avançando rapidamente sobre as estruturas da mineradora às 12h28 da sexta-feira (25). Nas imagens é possível ver veículos tentando escapar antes de serem engolidos pelos rejeitos de minério. As instalações administrativas da Vale ficavam logo abaixo da barragem, exatamente no caminho da lama. (com Hoje em Dia)

agradecimento barragem bilhetes câmera corpos córrego do feijão. destruição engolidos esforços familiares famílias flagrado mensagens militares mínima mortes portal das gerais resgatados segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio trabalho vale vitimados voluntários