Notícias

Motoristas de vans realizam mais um dia de manifestações na Região Metropolitana de Belo Horizonte contra as prisões de profissionais da área.

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –  edição Jane Huscher

Motoristas de vans realizam mais um dia de manifestações na Região Metropolitana de Belo Horizonte contra as prisões de profissionais da área. Na manhã desta quinta-feira (6), foram planejadas quatro carreatas, todas com o mesmo destino: a Assembleia Legislativa de Minas Gerais, no bairro Santo Agostinho, na região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Os perueiros que vieram das cidades de Governador Valadares, Ouro Preto e Ponte Nova tiveram como ponto de encontro o Mineirão, na Pampulha. Os motoristas de Contagem se reuniram na Via Expressa da cidade, próximo ao bairro Sapucaia. Já os manifestantes de Betim e Igarapé saíram de um ponto próximo ao Shopping Partage, na BR-381, e os motoristas de Esmeraldas, Sete Lagoas e Ribeirão das Neves se encontraram na BR-040, próximo ao trevo de Neves.

As carreatas e a manifestação prevista para ser feita em frente à Assembleia são realizadas por profissionais do transporte clandestino, de turismo e fretamento, além de transporte de universitários. A principal reivindicação é o fim das prisões dos motoristas. Pelo menos 120 pessoas foram presas por transporte clandestino no Estado nos últimos 20 dias, segundo Abdiel Freitas, advogado e dono de van. O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem (DEER-MG) e a Polícia Militar não confirmam esse número.

Para o movimento, as prisões são ilegais e inconstitucionais, pois o Código Nacional de Trânsito estabelece penas administrativas para esse crime. Porém, conforme o DEER-MG, as prisões estão sendo embasadas em nota técnica emitida pelo Ministério Público (MP) em agosto.

“De maneira nenhuma queremos continuar trabalhando de forma clandestina, queremos a legalização do nosso trabalho, mas são as próprias autoridades que não deixam. Quem transporta universitários entre cidades deveria fazer um cadastro no DEER, mas o órgão não está fazendo os cadastros”, afirma Daniel da Silva, representante do movimento.

*colaborou Jornal Hoje em dia

administrativas assembléia cadastramento carreatas cidades critérios destino dia embasadas estabelece manifestação manifestações motorista movimento nota planejadas portal das gerais prisões profissionais realizadas realizam retorno segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio tétcnica transporte vans