Notícias

MOVIMENTAÇÃO NA MINA GONGO SOCO EM BARÃO DE COCAIS PREOCUPA AUTORIDADES

  • Nenhum comentário

A CEDEC enviou equipes para  avaliar a necessidade da adoção de medidas junto com todos os envolvidos

Na noite de segunda-feira (13), a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC) foi informada pela Mineradora Vale que foi identificada uma movimentação no talude Norte, isto é, de estruturas que compõem um degrau na parede da Mina de Gongo Soco, no município de Barão de Cocais.

Entretanto, não é possível afirmar com certeza que a ruptura da estrutura do talude Norte, caso ocorra, possa interferir para o rompimento da barragem Sul Superior, mas a situação exige cuidados e manutenção de constante estado de alerta.

A barragem Sul Superior encontra-se em nível 03 de emergência, desde o dia 22 de março. Sua Zona de Autossalvamento (ZAS) foi evacuada, preventivamente, no dia 08 de fevereiro, quando o nível de emergência foi elevado para 02. No total, 443 pessoas e cerca de 3 mil animais foram retirados das ZAS e encontram-se hospedados fora do local. Foi realizado simulado de evacuação de emergência para as pessoas residentes na Zona de Segurança Secundária (ZSS), no dia 25 de março, tendo 3.626 moradores participado do treinamento, oportunidade em que também foram realizadas reuniões com a comunidade para esclarecimentos da situação da barragem e procedimentos a serem adotados em caso de seu rompimento.

Imediatamente, a CEDEC encaminhou uma equipe para o local para se reunir com os envolvidos e avaliar a necessidade da adoção de medidas concernentes à Defesa Civil de Minas Gerais. Participaram da reunião Defesa Civil Estadual e Municipal, Polícia Militar de Minas Gerais, Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, Defensoria Pública do Estado, Secretarias Municipais e membros da comunidade.

Na oportunidade, foi realizada busca ativa em toda a ZAS para certificar que a mesma se encontra evacuada e foi avaliada a situação das pessoas com mobilidade reduzida ou com quaisquer dificuldades de locomoção que residem na ZSS. Também foi procedida à revisão de todo o plano de evacuação do município.

Segundo a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, o Governo de Minas Gerais está acompanhando e monitorando toda a situação, por meio da CEDEC e dos demais órgãos envolvidos, a fim de que a população local receba todas as orientações necessárias para sua segurança.

Por: Jardel  Gama