Notícias

O ex-ministro Antonio Palocci deixou a prisão em Curitiba por volta das 15h30 desta quinta-feira (29) e foi encaminhado à Justiça Federal para colocar a tornozeleira eletrônica.

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –  edição Jane Huscher

O ex-ministro Antonio Palocci deixou a prisão em Curitiba por volta das 15h30 desta quinta-feira (29) e foi encaminhado à Justiça Federal para colocar a tornozeleira eletrônica. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Superintendência da Polícia Federal no Paraná, onde Palocci estava detido. O ex-ministro cumprirá agora prisão domiciliar.

Ontem (28), o Tribunal Regional Federal da 4ª Região julgou apelações da defesa do ex-ministro. Por maioria, os desembargadores autorizaram a saída da carceragem para ficar em prisão domiciliar. No regime definido pelos magistrados, o réu terá que usar tornozeleira eletrônica.

A Oitava Turma também definiu a redução de pena do ex-ministro. Ele havia sido condenado a 12 anos, dois meses e 20 dias, mas os desembargadores optaram por diminuir a punição para nove anos e dez dias.

apelações assessoria autorizaram carceragem confirmada detido domiciliar encaminhado ex-ministro imprensa magistrados optaram prisão punição redução saída tornozeleira eletrônica