Notícias

O governo de Minas Gerais alterou a forma de pagamento para servidores da área da segurança e para parte dos trabalhadores da saúde.

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –  edição Jane Huscher

O governo de Minas Gerais alterou a forma de pagamento para servidores da área da segurança e para parte dos trabalhadores da saúde. A informação foi confirmada pelo assessor de Relações Sindicais da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), Carlos Calazans, nesta quinta-feira (13).

Na semana passada, o Executivo estadual informou que funcionalismo receberia em duas parcelas em dezembro. A primeira delas, no valor de até R$ 2 mil, foi prevista para esta quinta-feira. Já o restante seria pago para toda folha no dia 28.

Segundo Calazans, nesta quinta-feira, a primeira parcela dos vencimentos foi, de fato, paga aos servidores. Entretanto, diferentemente das outras categorias, trabalhadores da segurança, da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), da Fundação Hemominas e do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) receberão mais uma parcela, também de até R$ 2 mil, no próximo dia 21, e o restante, no dia 28.

Segundo o assessor de Relações Sindicais, o governo está se empenhando para que essa forma de pagamento possa ser adotada para os demais trabalhadores do Executivo estadual.

Décimo terceiro

Os servidores continuam sem uma previsão de quando receberão o décimo terceiro. A situação será discutida em uma reunião nesta sexta-feira (14). Participarão representantes do governo e dos empregados do estado.

O coordenador político do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público de Minas Gerais (Sindpúblicos), Geraldo Henrique da Conceição, disse não acreditar que o benefício seja pago de uma única vez à totalidade do funcionalismo. O décimo terceiro do ano passado foi depositado em quatro parcelas, que se estenderam até abril deste ano.

Conceição afirmou que, na reunião, a entidade que representa cerca de 80 mil servidores apresentará uma proposta para que, pelo menos, os servidores que recebem até R$ 2 mil não tenham o benefício escalonado.

assessor benefício décimo terceiro depositado escalonado forma funcionalismo governo pagamento parcelas planejamento portal das gerais recebem salário secretaria Segurança segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio servidores trabalhadores