Notícias

O presidente chinês, Xi Jinping, prometeu ontem que vai reduzir tarifas, ampliar o acesso ao mercado e importar mais!

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –  edição Jane Huscher

O presidente chinês, Xi Jinping, prometeu ontem que vai reduzir tarifas, ampliar o acesso ao mercado e importar mais no início de uma feira comercial realizada para demonstrar boa vontade em meio aos crescentes atritos com os Estados Unidos e outros. A Exposição Internacional de Importação da China (CIIE, na sigla em inglês), aberta ontem em Xangai e que vai até de 10 de  novembro, reúne milhares de empresas estrangeiras com compradores chineses em uma tentativa de demonstrar o potencial importador da segunda maior economia do mundo.

Em um discurso que ecoou promessas anteriores, Xi disse que a China irá acelerar a abertura dos setores de educação, telecomunicações e cultura, protegendo os interesses das empresas
estrangeiras e punindo as violações dos direitos de propriedade intelectual. Ele também disse que espera que a China importe US$ 30 trilhões em produtos e US$ 10 trilhões em serviços nos próximos 15 anos. No ano passado, o presidente chinês estimou que a China importará US$ 24 trilhões em mercadorias nos próximos 15 anos. “A CIIE é uma importante iniciativa da China para
abrir proativamente seu mercado para o mundo”, disse o presidente chinês.

Xi afirmou que a exposição mostra o desejo da China de apoiar o livre comércio global, acrescentando – sem mencionar os Estados Unidos – que os países devem se opor ao protecionismo.
Ele disse que “o multilateralismo e o sistema de livre comércio estão sob ataque, que os fatores de instabilidade e incerteza são numerosos, e os riscos e obstáculos estão aumentando”.  Após investimentos bilionários no Brasil nos últimos anos, empresários chineses estão “em compasso de espera” e aguardam sinalizações do presidente eleito, Jair Bolsonaro, antes de definir novos negócios. Projetos de investimento de empresas chinesas no Brasil confirmados desde 2003 representam aportes de US$ 54,1 bilhões no país, segundo o Ministério do Planejamento.

aportes bilionários Brasil china compradores cultura economia educação empresas estrangeiras feira comercial importador importar investimentos mercado ministério do planejamento Mundo negocios portal das gerais presidente chinês promessas propriedade intelectual reduzir segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio setores tarifas xangai