Notícias

O submarino argentino ARA San Juan, localizado na madrugada de sábado(17) após um ano desaparecido, pode nunca mais retornar das profundezas do oceano Atlântico.

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias – Jane Huscher

O submarino argentino ARA San Juan, localizado na madrugada de sábado(17) após um ano desaparecido, pode nunca mais retornar das profundezas do oceano Atlântico. O ministro da Defesa, Oscar Aguad, afirmou ontem à Rádio Mitre não ser possível realizar o resgate. “Eu não vou criar a expectativa de que você pode desencalhar o submarino. A Argentina não tem meios técnicos para isso – e não deve haver no mundo – para trazer da profundidade de 900 metros uma estrutura de 1.300 toneladas.” A estimativa é que, com água dentro, o submarino pese até 2.500 toneladas.

O governo argentino é pressionado por familiares das 44 vítimas que estavam a bordo para que a embarcação seja recuperada e as causas do acidente finalmente sejam esclarecidas. Mas a juíza federal que investiga o caso, Marta Yánez, também já havia desautorizado o resgate principalmente porque a ação pode colocar em “risco outras vidas e a integridade das provas”. O governo argentino divulgou ontem as primeiras imagens do ARA San Juan realizadas pela empresa norte-americana Ocean Infinity, responsável pelas buscas do submarino. Uma fonte do Ministério da Defesa disse ao jornal argentino La Nacion que a equipe coletou 67 mil imagens, que serão utilizadas para a conclusão do laudo sobre as causas do acidente.

O submarino desapareceu em 15 de novembro de 2017 após partir de Ushuaia, no extremo sul da Argentina, em direção a Mar del Plata, em viagem de rotina. A embarcação foi localizada a 800 metros da Península de Valdés, na Patagônia, onde funcionava o centro de operações da Ocean Infinity. A descoberta foi possível graças a um submarino controlado remotamente. A informação inicial é de que o ARA San Juan implodiu após alcançar profundidade não suportada pelo submarino.

alcanças argentina buscas controlado desapareceu desaparecido desencalhar expectativa madrugada meios ministro Mundo ocenao atlântico portal das gerais profundezas profundidade remotamente resgate responsável retornar sábado sbmarino argentino segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio toneladas tripulantes