Notícias

Oito crianças brasileiras estão separadas dos pais nos “abrigos-gaiola” dos EUA

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias – por Jane Huscher

O consulado brasileira em Houston informou que há pelo menos 8 crianças brasileiras separadas dos pais que atravessaram a fronteira dos EUA. A política de tolerância zero de Donald Trump com a travessia ilegal na fronteira, vem causando revolta em todo o mundo.

As crianças brasileiras que foram registradas, estão nos estados da Califórnia e do Arizona, tem entre 6 e 17 anos. O consulado tem trabalhado de forma incessante para restabelecer o contato com as famílias, mas por enquanto nenhuma foi reunida. Cada caso é avaliado. Há por exemplo, uma adolescente que está perto de completar 18 anos e terá que ser transferida para um centro de detenção de imigrantes e outros casos em que os pais foram presos, a situação pode se arrastar por meses para ser avaliada a possibilidade de deportação.

Não há informação sobre casos de maus-tratos, as crianças são “separadas” por faixa etária, ou seja, são mantidas com crianças da mesma idade e os abrigos são limpos, e em boas condições, mas tem aspecto de uma gaiola gigante.

A  maioria das pessoas é da América Central. Elas estão fugidas da violência, onde são recrutadas à força por gangues. O grande problema é mesmo a separação dos pais. Várias crianças choram muito.

O governo Trump diz que está cumprindo a lei, ao punir crimes de imigração que antes não eram responsabilizados, e culpa os democratas por terem editado as regras que exigem a separação de crianças.

choram consulado contato crianças democratas deportação fronteira grupos idade ilegal imigração lei meses Mundo país portal das gerais problema registradas regras responsabilizados segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio separação tolerância travessia violência zero