Notícias

OPERAÇÃO MERCÚRIO CUMPRE 93 MANDADOS DE PRISÃO CONRTA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA QUE PRATICAVA ROUBO E RECEPTAÇÃO DE CAMINHÕES E CARGAS

  • Nenhum comentário

Foi determinado bloqueio bancário de R$ 40 milhões e decretado o sequestro de mais de 200 veículos

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, deflagrou nesta quinta-feira (29), em conjunto com os Gaecos de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Tocantins, Pernambuco, Franca (SP) Chapecó (SC) e Londrina (PR), a Operação Mercúrio. Estão sendo cumpridos 45 mandados de prisão preventiva e 48 de prisão temporária,  além de 110 mandados de busca e apreensão, em dez estados brasileiros: Minas Gerais, Goiás, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Tocantins e Pará.  Somente em Minas Gerais, são cumpridos 22 mandados de prisão preventiva e 20 de prisão temporária. 

A operação investiga uma ramificada organização criminosa atuante no roubo e receptação de caminhões e cargas, em seus diversos núcleos – operacional, jurídico, lavagem de dinheiro, receptadores, apoio logístico, empresas fantasmas, entre outros. As investigações começaram há 10 meses, a partir das Operações Catira e Fideliza, deflagradas pela Polícia Federal em 2015. 

Foi determinado o bloqueio bancário no montante de R$ 40 milhões e decretado o sequestro de mais de 200 veículos.

Os mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos nas cidades de Anápolis (GO), Aparecida de Goiânia (GO), Araguari (MG), Bela Vista de Goiás (GO), Belém (PA), Campo Grande (MS), Chapecó (SC), Franca (SP), Goiânia (GO), Gouvelândia (GO), Inhumas (GO), Iraí de Minas (MG), Itumbiara (GO), Londrina (PR), Olinda (PE), Patrocínio (MG), Quirinópolis (GO), Rio Verde (GO), Santa Helena de Goiás (GO), Santa Juliana (MG), Silvânia (GO), Taipas do Tocantins (TO), Trindade (GO), Várzea Grande (MT), Vianópolis (GO) e Uberlândia (MG). 

A Operação Mercúrio contou ainda com o apoio do Grupo Especial do Patrimônio Público do MPMG (GEPP), da Polícia Militar de Minas Gerais, da Polícia Militar de Goiás, da Polícia Civil de Goiás e da Administração Penitenciária de Minas Gerais (Suape). 

Mercúrio, na mitologia romana, é um mensageiro, o Deus dos transportes, da venda, do comércio, do lucro e dos ladrões. 

Os números finais da operação serão divulgados quando forem encerradas as ações policiais.


Anúncio
*organização criminosa #flagrada #Operação Mercúrio #Segurança Pública #empresas fantasmas