Notícias

Os atletas africanos dominaram o pódio da 94ª Corrida de São Silvestre, nesta segunda-feira(31), em São Paulo.

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –  edição Jane Huscher

Os atletas africanos dominaram o pódio da 94ª Corrida de São Silvestre, nesta segunda-feira, em São Paulo. No masculino, o atleta mais rápido foi o etíope Belahy Bezabh, entre as mulheres, Sandrafelis Tuei, do Quênia, foi a primeira a atravessar a faixa. Além dos vencedores, o pódio das duas categorias foi completado por atletas de países africanos, com execessão apenas para um atleta do Bahrein. Os brasileiros melhores colocados foram Giovani dos Santos e Jenifer Nascimento Silva, ambos na oitava posição.

Na prova feminina, Pauline Kamulu, do Quênia, liderou boa parte da disputa, sofreu uma ultrapassagem durante o trecho da Avenida Brigadeiro Luiz Antônio e não conseguiu manter o ritmo. Com 50m02s de prova, sua compatriota Sandrafelis Tuei, de 20 anos de idade, foi a primeira a atravessar a linha de chegada. Pauline passou pela faixa 17 segundos depois, com o total de 50m19s.

A disputa mais acirrada foi pelo terceiro lugar, entre a queniana Esther Kakuri e a etíope Mestawut Truneh. Correndo lado a lado, foi o sprint final que decidiu o pódio. A atleta do Quênia começou acelerar um pouco antes da curva para a reta de chegada e, mais baixa do que a etíope, não conseguiu se manter a frente. No final, Mestawut conquistou o terceiro lugar com o tempo de 52m45s. Jenifer Nascimento Silva foi a melhor brasileira, com oitavo lugar e o tempo de 54min05s, melhorando a marca do ano passado que foi o décimo lugar de Joziane Cardoso. O Brasil não vence no feminino desde 2006.

acirrada ano atleta Brasil brasileira brasileiro chegada compatriota conquistou disputa feminino frente homem idade linha de chagada lugar manter marca masculino melhorando mulher passado portal das gerais primeira queniana reta segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio ultrapassagem vence