Notícias

Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luiz Fux, afirmou que no caso de Lula há uma “inelegibilidade chapada”

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –   por Jane Huscher

Nesta quarta-feira (1º), o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, afirmou que há uma “inelegibilidade chapada”, no que tange ao caso da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Logo após esta decisão, o Partido dos Trabalhadores divulgou a seguinte nota:  “O Tribunal Superior Eleitoral examinou e autorizou centenas de candidaturas em situação semelhante à do presidente Lula. Qualquer manifestação sobre a situação jurídico-eleitoral de Lula antes deste exame é extemporânea e indevida, especialmente se parte de alguém com a responsabilidade de presidir o TSE.”

A convenção do Partido dos Trabalhadores, está marcada para o próximo sábado, quando deve ser feita a confirmação do nome de Lula como candidato a presidente. O partido tem prazo até o dia 15 de agosto para registrar oficialmente a candidatura na Justiça Eleitoral. O TSE tem prazo para julgar a candidatura até 17 de Setembro, 20 dias antes do primeiro turno da eleição, em 7 de outubro.

Lula está preso em Curitiba desde o começo de abril, onde cumpre pena de 12 anos e 1 mês de prisão.

autorizou candidatura decisão eleição ex-presidente inelegibilidade manifestação marcada nota oficialmente pena portal das gerais presidente preso registrar responsabilidade segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio trabalhadores