Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –  por Jane Huscher

Um protesto inusitado aconteceu na manhã desta quinta-feira (9), na Av.Antônio Carlos, altura do bairro São Francisco, região da Pampulha  na capital mineira.

Uma caminhonete foi suspensa, içada juntamente com um cartaz que explicava a revolta dos compradores do veículo, a empresa locadora de carros Locamix, que relata o seguinte: comprou na Carbel Japão uma pick-up modelo Frontier 2.5 SL 4X4, que apresentou problemas em dezembro de 2017, com pouco tempo de uso. Depois de enviar o veículo para revisão na Concessionária Jade Nissan, de Vitória da Conquista, na Bahia, e ficar sem o veículo durante três meses, a Locamix não conseguiu o atendimento que esperava e nem a solução do problema. Após o envio para a assistência, o orçamento do conserto teria ficado em mais de R$ 82 mil, segundo a locadora. O preço cobrado no site da fabricante Nissan pelo modelo, ano 2018, é R$ 152 mil.

A locadora questinonou que o carro estava na garantia e a empresa argumentou:  “não há concessão de garantia por motivo de uso severo e por falta de revisão”.

A Locamix garantiu,  que todas as revisões foram feitas nas concessionárias Nissan “de acordo com as orientações dos consultores e obedecendo as marcações de retorno das etiquetas afixadas no para-brisa do veículo”.

A Polícia Militar foi acionada pela concessionária que ordenou que o veículo fosse retirado, mas apesar do pouco tempo de exposição, o caso chamou a atenção de todos que passavam pelo local, muitas pessoas paravam e tiravam fotos ou filmavam.