Notícias

Querosene de aviação em alta deve provocar aumento no valor das passagens aéreas

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias – edição Jane Huscher

O querosene de aviação (QAV) alcançou os R$ 3,30 em agosto, incluindo impostos, o maior patamar desde 2002, ano em que entrou em vigor a liberdade tarifária no Brasil. Segundo entidades do setor, a alta em dois anos chega a 82%.

As empresas aéreas devem fazer um reajuste de pelo menos 3% nos bilhetes.  A Petrobras afirma que as altas do dólar e petróleo no exterior estão encarecendo o querosene no país. Atualmente, a estatal repassa os reajustes mensalmente ao setor. Nesta semana, Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas), Iata (Associação Internacional de Transporte Aéreo) e a Alta (Associação de Transporte Aéreo da América Latina e Caribe) pediram mais transparência sobre a formação do preço do combustível.

O setor aéreo teve um custo extra de R$ 1,3 bilhão, em 2017, com a atual precificação do QAV. Em nota, as associações destacam que a ANP (Agência Nacional do Petróleo) publicou uma minuta da resolução com o objetivo de ampliar a transparência na formação dos preços. O grupo pretende levar suas contribuições para um cálculo mais transparente do QAV e que reduza os custos do setor.

aéreas alta aviação contribuições empresas entidades impostos liberdade patamar portal das gerais precificação querosene reajuste segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio tarifária transparência vigor