Notícias

Um grupo de trabalho especial ficará com a difícil missão de solucionar os problemas de inundações em dias de chuva na avenida Vilarinho, em Venda Nova. A defesa civil emitiu novo alerta de alagamento na região para esta quarta-feira(21).

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias –  edição Jane Huscher

Um grupo de trabalho especial ficará com a difícil missão de solucionar os problemas de inundações em dias de chuva na avenida Vilarinho, em Venda Nova. Na última quinta-feira, dia mais chuvoso do ano na capital, três pessoas morreram durante um forte temporal no local. A criação do grupo será publicada nesta quarta-feira(21), através de um decreto. É o que garantiu o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PHS), que fará parte da equipe ao lado do procurador-geral do município, Tomaz de Aquino, os secretários de Planejamento, André Reis, da  Fazenda, Fuad Noman, de Obras, Josué Valadão e pelo presidente da Sudecap, Henrique Castilho. Eles vão coordenar e acompanhar os trabalhos para que em pelo menos 30 dias o pré-projeto das obras para contenção das chuvas esteja pronto.

A previsão feita pelo prefeito é que a partir de julho de 2019 as obras sejam iniciadas. Para essas intervenções, o secretário Fuad Noman garante que não haverá limite de gastos. “Mesmo assim, se precisar de mais [recursos], já existem algumas instituições financeiras que vão nos apoiar quando existir o projeto”, explicou. O grupo será liderado por Henrique Castilho, que  detalhou a intenção de contratar, de forma emergencial e sem licitação, uma empresa de engenharia que desenvolva o projeto e execute as obras. “A desculpa de que morreu gente porque choveu muito chegou ao limite.

As obras começam no máximo em julho”, disse. Além disso, a PBH deve publicar hoje outro decreto declarando situação de emergência nas áreas afetadas pelos desastres decorrentes das chuvas registradas no município. Os bombeiros encontraram ontem um corpo no córrego Vilarinho que pode ser do jovem desaparecido desde o temporal da última quinta. Ele teria pulado na enchente da avenida Vilarinho. Caso seja confirmado, o jovem é a quarta vítima do temporal na região de Venda Nova. A identificação está a cargo da Polícia Civil. Para hoje, a previsão é de
mais chuva e um novo alerta para o risco de alagamentos na região.

alagamentos alerta cargo Chuva chuvas decreto emergencial empresa engenharia grupo inundações licitação máximo missão morreram morreu obras polícia civil portal das gerais publicar registradas segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio solucionar temporal trabalho vítima